Diego Souza afunda Cruzeiro e mantém Vasco na ponta

Desprezado pelo Palmeiras e pelo Atlético-MG, seus dois últimos clubes, o meia Diego Souza prova a cada dia que é um dos jogadores mais talentosos do futebol brasileiro. Neste domingo (25), foi ele o autor dos gols que garantiram a vitória do Vasco por 3 a 0 sobre o Cruzeiro, em Sete Lagoas, e a manutenção da primeira colocação para o time de São Januário.

Agora com 49 pontos, o Vasco aumentou a distância para o principal perseguidor – o Botafogo – que superou o também concorrente direto São Paulo no Engenhão e assumiu a vice-liderança do Campeonato Nacional.

Na partida deste domingo, o Cruzeiro começou a partida mais ligado, mas foi o Vasco quem chegou primeiro com perigo ao gol. Márcio Careca, após tabela com Diego Souza, bateu forte e obrigou o goleiro Fábio a fazer belíssima defesa.

Aos 18min, pouco depois de Diego Souza quase abrir o placar em uma bela bicicleta, o Cruzeiro foi às redes com o meia Roger, mas a arbitragem invalidou o lance alegando impedimento do experiente meio-campista da Raposa.

Inspirado, Diego Souza continuou comandando o Vasco e foi recompensado aos 39min. O ex-jogador de Fluminense, Palmeiras, Flamengo e Atlético-MG invadiu a área, passou pelo zagueiro Cribari e chutou no cantinho de Fábio: 1 a 0.

O Cruzeiro voltou para o segundo tempo disposto a tudo para empatar, mas se abriu e deixou espaço para Diego Souza. O craque não bobeou após cruzamento vindo da direita e completou para as redes um bom passe de Fágner para ampliar o placar aos 14min.

Como o melhor sempre é reservado para o fim, ele veio aos 35min. Diego Souza recebeu lançamento, saiu da marcação, chapelou o goleiro e tocou para as redes: golaço e fim do show vascaíno em Sete Lagoas.

Na próxima rodada, o líder Vasco enfrenta o Corinthians, no domingo (2), às 16h (de Brasília), em São Januário, enquanto o Cruzeiro encara o também desesperado Grêmio, no Olímpico, no mesmo dia, só que um pouco mais tarde, às 18h.