Secretário de Justiça e dois criminosos têm nomes em lista para contratação de agente penitenciário

Questionamento sobre a lista de classificados para processo seletivo simplificado para designação temporária de agente penitenciário do Estado.

A lista dos classificados no processo seletivo simplificado para designação temporária de agente penitenciário do Estado, divulgada nesta terça-feira (29) é, no mínimo, inusitada.

Em 3º lugar apareceu o nome do secretário de Justiça do Estado, Ângelo Roncalli; em 9º, Ricardo Cruz Macedo, que foi preso em 2008 após aplicar vários golpes no Estado; e, em 16º lugar, Odessi Martins da Silva Júnior, conhecido como Lumbrigão, que foi condenado pela morte do juiz Alexandre Martins.

Questionado sobre a lista e os classificados, o secretário disse que tudo não passou de uma brincadeira de alguém. “Na realidade, ocorreu um crime. Vamos pedir para a Polícia Civil fazer uma investigação rigorosa para alcançar o autor dessa brincadeira. Eu não fiz nenhuma inscrição e o processo seletivo é feito pela internet. O método é muito seguro. Nele, todas as pessoas se inscrevem e, depois, dentro do número de vagas, são chamados para comprovar a documentação em função da informação que deram. No meu caso existem inclusive informações erradas. Não houve a minha inscrição e nem a de outras pessoas citadas. Se os criminosos forem alcançados, responderão criminalmente. Isso já aconteceu em outros processos seletivos, mas não vamos mudar o método porque ele é bastante seguro. O fato de alguém brincar durante a inscrição não altera porque essa pessoa terá que comprovar isso depois”, explicou.

Fonte: Folha Vitória