Delegacia Patrimonial de Linhares prende acusados de furtar equipamentos em fazendas da região

Nessa quinta-feira (30), a Delegacia Patrimonial de Linhares prendeu duas pessoas acusadas de furtar equipamentos em propriedades rurais da região.  Uma bomba, no valor de R$ 7 mil e uma espingarda calibre 36 foram recuperadas pela polícia.

A operação ocorreu em cumprimento  de mandados de busca e apreensão na região de Humaitá, em Linhares. Segundo o delegado responsável pela Delegacia Patrimonial, Fabrício Lucindo, o objetivo da operação foi “estancar os furtos de equipamentos nas propriedades rurais da região, localizando e apreendendo materiais furtados”.

Duas pessoas foram presas, uma delas em flagrante, por receptação e a outra por posse ilegal de arma de fogo. Os acusados foram liberados após o pagamento de fiança. Os materiais recuperados foram devolvidos aos proprietários.

ASCOM/PC