Quadrilha presa obrigava moradores a esconder drogas em Sooretama

Moradores do bairro Salvador, em Sooretama, estão sendo obrigados a esconder drogas de traficantes dentro de casa. O esquema foi descoberto pela Polícia Civil quando uma quadrilha foi presa na noite da última terça-feira. Segundo o delegado Fabrício Lucindo, os detidos obrigavam os populares a esconder drogas sob ameaça de morte. Outros, ainda, guardavam o material em troca de uma quantia em dinheiro, o que é caracterizado crime.

A quadrilha era composta pelos baianos Edirlan Santos de Oliveira (32), Elenice dos Santos das Virgens (30), Valdny José dos Santos (62) e Rita Maria da Silva Pereira (42). Também faziam parte do grupo os colatinenses Jocimar Barros da Silva (25) e Fernanda Ripardo Vieira (35). Todos, conforme a polícia, têm envolvimento com crimes de tráfico de drogas e porte ilegal de armas.

A prisão aconteceu na Rua Guaribu, por volta de 21h30. Na casa onde os suspeitos estavam, a polícia encontrou um revólver calibre 38, 16 balas calibre 38 intactas, uma balança de precisão, 250 gramas de maconha, 50 gramas de cocaína, 25 gramas de crack e materiais para embalar a droga. Também foram apreendidos cinco aparelhos de telefone celular e um veículo Saveiro, cor prata, com placas EAK-8156, do Rio de Janeiro.

De acordo com o delegado, a casa ocupada pelos criminosos não pertencia a quadrilha. O proprietário do imóvel era obrigado pelos traficantes a esconder a droga, para que o bando escapasse do flagrante da polícia. O dono da casa não foi preso. Segundo o delegado, guardar material entorpecente é crime, mas nesse caso há uma exceção, já que o proprietário era obrigado a esconder a droga.

Depois de prestarem depoimento, Edirlan, Valdny e Jocimar foram encaminhados para o Centro de Detenção Provisória de Viana. Elenice, Rita Maria e Fernanda foram levadas para o Presídio Feminino de Colatina.

Fonte: Gazeta Online