Olá Escola – Projeto de Estudo: Lendo e Confabulando Motivando a Cidadania

Alunos do 2º e 5º ano.

Pinheiros – Os alunos do 2º e 5º ano da Escola Municipal de Ensino Fundamental “Doutor Emir de Macedo Gomes” colocaram em prática um projeto idealizado pela professora Rosemilda Queiroz, que teve início em abril e encerrou neste mês. O trabalho teve foco na leitura e sua importância para a sociedade em termos de formação ética, social e transformação de valores.

O objetivo desse estudo foi promover aos alunos o contato mais frequente com o gênero textual. “Dentre muitos objetivos que podem ser alcançados com esse trabalho, conseguimos melhorar a aprendizagem com relação à pontuação, ortografia e estrutura, despertando o prazer de ler, escrever, produzir e ilustrar o referido gênero”, conta Rosemilda, professora do 5º ano.

Para a coordenadora pedagógica, Mariza Nascimento Ziviane, a escolha do gênero fábula como prática de leitura constrói habilidades e comportamentos éticos de cidadania. “Na estrutura das fábulas ocorre sempre um obstáculo, uma tentativa de solução e principalmente uma moral a ser compreendida. As fábulas são excelentes recursos para se deleitar num estudo sério sobre comportamento humano”.

Doações feitas à casa de passagem.O projeto foi desenvolvido em parceria com a Instituição Municipal que acolhe crianças desassistidas de Pinheiros – Casa de Passagem, onde os alunos e o corpo envolvido realizaram ações juntamente com a casa de passagem. Dentre muitas atividades foram feitas pesquisas sobre escritores de fábulas e coletâneas, foram também arrecadados livros, brinquedos educativos, agasalhos, fraudas, cobertores, lençóis para doação. No fechamento do projeto, realizado este mês, foi comemorado o Dia das Crianças e Natal. Para a professora, a concretização trouxe muitos benefícios para a escola, tanto em termos educativos quanto sociais. “Os alunos e a equipe puderam ver a realidade de muitas crianças que não tem uma base familiar e como ser humano é o mínimo que nós podemos fazer”.

 PARTICIPAÇÃO

Sem títuloPara os alunos, foi maravilhoso desenvolver o projeto em parceria com a Casa de Passagem. “Eu adorei esse trabalho, principalmente da parte que nós fizemos doações de agasalhos, livros, brinquedos e apresentamos os trabalhos”, conta o aluno Murilo Costa Pires (11).

Para Letícia Mascarenhas (11), foi um ato afetuoso. “Ajudar aquelas crianças para mim foi um gesto de solidariedade e amor ao próximo”.

Para Layza da Silva Azevedo (10), “as crianças que moram lá necessitam de carinho e atenção. Foi muito bom poder trabalhar com eles, porque eu me senti ajudando as crianças que não têm família e ao mesmo tempo aprendendo junto com eles, foi muito legal”.