Operação policial prende homicidas e apreende armas de fogo e munições

IMG_20140902_151534664Uma operação envolvendo policiais civis e militares de Pinheiros e Pedro Canário, prenderam na tarde desta terça feira DIONE LISBOA FELICIO, 28 anos e AUDECIR SERAFIM, 32 anos, em uma residência no bairro Boa Vista, em Pedro Canário.

IMG_20140902_205900948

Dione Lisboa Felicio.

Segundo Dr. Libero Penelo, Chefe da 17ª Regional, os policiais de Pinheiros foram fazer o levantamento sobre o paradeiro de Dione: “Os policiais civis e Militares de Pinheiros tinham a informação que DIONE, que é acusado de cometer um latrocínio em Montanha no dia 12/07, estava morando em Pedro Canário, e ao iniciar o levantamento, localizaram a residência do suspeito e constaram que o mesmo estava no interior da residência. Rapidamente foi montada uma operação policial e diante o cerco policial, os acusados tentaram evadir-se, pulando vários muros de residência, porem foram presos. Dentro da residência foram encontradas duas pistolas 380, farta munição, balança de precisão, dinheiros, entre outros objetos de procedência duvidosa”.

IMG_20140902_192934765

Audecir Serafim.

Segundo Dr. Libero, DIONE é acusado de participar do latrocínio de ADEMAR VIANA DA SILVA, crime ocorrido no dia 12 de Julho, na zona rural de Montanha. Com a prisão de Gilmar Martins Ferreira, ocorrido no dia 28/08 e que assumiu a participação no crime, chegou-se até o paradeiro de DIONE.

Ressalta Dr. Libero que informações passadas pelas Policias Civil e Militar do Estado da Bahia, imputam a DIONE a suspeita de cometer treze homicídios no extremo sul do Estado, sendo considerado um indivíduo de alta periculosidade: “As armas de fogo e farta munição encontrada com os suspeitos demonstram o grau de periculosidade da dupla. Com certeza uma das armas de fogo apreendida, uma pistola 380, foi a arma utilizada por DIONE no latrocínio em Montanha”.

Após serem autuados por porte ilegal de arma de fogo, tráfico e associação ao tráfico, DIONE e AUDECIR foram encaminhados a Delegacia de Pinheiros para reconhecimento e esclarecimentos e posteriormente encaminhados ao CDP de São Mateus, onde ficarão à disposição da Justiça.

PC Pinheiros