Sebrae ES dá dicas para driblar crise econômica

Diminuição das demandas e aumento dos custos são as principais reclamações por parte dos empresários

Diante do cenário econômico desfavorável que o país vive no momento, os pequenos negócios enfrentam dificuldades para prosperar no mercado. Diminuição das demandas e aumento dos custos são as principais reclamações dos empresários, que se veem perdidos nesse desafio.

Mas a boa notícia é que há maneiras para lidar com as dificuldades desse momento. O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Espírito Santo (Sebrae ES) elaborou seis dicas que podem ajudar os empresários a se prepararem para lidar com a crise.

De acordo com o superintende do Sebrae ES, José Eugênio Viera, “É importante ter cautela e planejar as próximas ações, a fim de evitar ao máximo os erros, e inclusive vislumbrar oportunidades, que são muitas em períodos como esse”, explicou.

Confira as dicas:

Reduza os custos: verifique quais contas podem ser reduzidas e como. Pequenas mudanças podem gerar grandes resultados. Economize energia, água, papel e materiais de escritório. Evite desperdício (leia mais sobre o assunto na Agência Sebrae de Notícias ES: http://migre.me/rXBUd);

Avalie o mercado: o que sua empresa pode oferecer que está sendo demandado no momento? É necessário estar atento para ofertar aos clientes o que eles desejam. Como incrementar o portfólio de produtos e serviços? Pense em ofertar produtos e serviços complementares e que atraiam a atenção do consumidor;

Aumente a produtividade: aperfeiçoe o tempo. A produtividade não precisa ser alinhada com o aumento da produção, mas sim com a eficiência no processo de trabalho. Você pode conseguir fazer o mesmo com menos tempo e recursos, o que consequentemente diminuirá seus custos e, caso haja demanda, possibilitará o aumento de produção;

Capacite-se: busque capacitação contínua e treine também sua equipe. Bom atendimento e gestão de qualidade são requisitos básicos para o sucesso do negócio, e em um momento de crise é ainda mais importante aperfeiçoar a administração. Acompanhe as capacitações presenciais do Sebrae (www.es.sebrae.com.br) e os cursos à distância (www.ead.sebrae.com.br);

Evite endividamento: as taxas de juros estão mais altas, então é necessário ter cautela com financiamentos. Faça o possível para reduzir as dívidas que a empresa tenha;

Inove constantemente: busque novidades e agregue valor ao negócio. Acompanhe as tendências, escute seus clientes e sua equipe para absorver as boas ideias.

Sebrae